Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Me lembro da primeira vez que vi um vídeo do Rodney Mullen, aquele do Tony Hawkfs Pro Skater 4. Pensei que era coisa do vídeo-game ainda. Na minha mente não era possível algo como aquilo ser verdade. E então, procurei saber mais sobre o Skate; sobre o Freestyle, na verdade.

Assisti os vídeos como Globe Opinion, Bones Brigade, Public Domain. Nossa, tinha encontrado algo que realmente me fazia feliz, o Freestyle Skate. Com o tempo como todos os skatistas, acredito que fui desviando do Freestyle e acabei indo pro Street, daí foram novas descobertas, descobri como é deslizar em um corrimão, como é descer em uma rampa, varar uma 45, remar remar e remar.

 Backside Wallride (Foto Jefferson)
 Backside Wallride (Foto Jefferson)
Aprendi as manobras que eu quis, criei o meu próprio estilo, diferenciei-me dos outros skatistas, até porque ninguém é igual a ninguém. Freqüentei e ainda freqüento pistas e picos, fiz muitas amizades, muitos amigos. Aprendi como lidar com o público, preconceito, polícia, família, enfim. Vi que dentro do skate, existe uma outra família totalmente diferente daquela que está em nossa casa (a menos que seja uma família de skatistas..).

 Skatista felizes por ser skatistas... foto Jr Lemos.
 Eu tambm quero brindes!
O mundo do skate é um lugar onde a amizade manda, a humildade reina e o talento vem com a persistência; O talento deve-se a junção de habilidade + humildade. Porque não adianta nada um cara ter um puta talento, saber muitas manobras, mas não tiver um pingo de humildade. Muito disso se vê em pistas de skate por ai, por exemplo, os caras se acham gdonos dos picosh e não dão espaço algum para aqueles que estão no começo, por acharem que estes estão sempre eatrapalhandof. Isso é falta de humildade.

 Ruany Caroline - As skatistas têm que valorizar mais seu skate! Ruany Caroline Mollinari arquivo pessoal
Claro que um skatista tem que se auto-reconhecer, tem que saber quais são suas habilidades e seus limites. Humildade não está no ato de se auto-flagelar-se, não tem nada a ver com ser foda e sair dizendo que é um merda só pra ganhar erespeitof. Humildade é saber colocar-se no seu lugar, é não querer tirar vantagem de tudo e de todos.

 O skate não é somente um esporte ou um estilo de vida. by Cris Fernandes, Boardslide na Roosevelt - Foto: Laine Nascimento
Cris - boardslide
Sempre sonhei em ter uma pista só pra mim, no meu quintal, nem que seja só um quarter, uma 45 e um corrimão, ou só um flat para poder praticar o Freestyle sossegado. Acredito que todos os skatistas do mundo querem isso, felizes são aqueles tem, mas como tudo na vida, tudo que vem fácil demais, ninguém dá o valor necessário. Ainda é praticamente impossível viver de skate no Brasil, há muitas dificuldades, porém, temos que sempre continuar lutando para melhorar esse esporte que é muito mais que um simples esporte, é skate!

 Skatistas do Freestyle, Ronaldo, Isnard, Bronzinho, Toshiro, Jaspion, Rogério e Folha
Ronaldo, Isnard, Bronzinho, Toshiro, Jaspion, Rogrio e Folha
Hoje, entendo que o skate é algo maior do que a televisão mostra, é mais perigoso do que os nossos pais falam, é mais marginalizado do que a polícia acha, é melhor do que os skatistas dizem.

Por Renan D. Pereira
Post Uriel Punk
Banner

Copy of Blogueiros

Etiam et bibendum elit. Mauris in elit ligula, quis mollis enim.

Etiam et bibendum elit. Mauris in elit ligula, quis mollis enim.

Etiam et bibendum elit. Mauris in elit ligula, quis mollis enim.

Banner

News Letter

Nas bancas!
Etiam et bibendum elit. Mauris in elit ligula, quis mollis enim..