Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Jarbas Alves Arcanjo Neto nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais em 15 de maio de 1985, da preferência aos picos com o chão liso, se bem que ultimamente anda curtindo andar em picos que usam o Pop, anda de skate desde 1999, se profissionalizou em 2007, não falta em seu role de skate um belo nollie flip na sessão sempre é bem vindo, agora sessão é a entrevista confira abaixo:
Jarbas Alves Arcanjo Neto
Qual seu primeiro contato com skate? Conte como o skate faz parte da sua vida?
Meu primeiro contato com skate aconteceu através de um amigo que andava perto da praça onde eu morava, sempre pegava o skate dele emprestado para andar, até comprar o meu. O skate sempre foi uma forma de extravasar, me fazer sentir vivo. Quando acerto ou aprendo novas manobras me sinto feliz, me sinto vivo, sem skate minha vida fica sem sentido. Tudo na minha vida passa pelo skate. Assim como o skate está em tudo na minha vida. Acho que vai ser assim pra sempre...

 Fs Bluntslide na Cidade Tirandetes              Fs Nosegrind no Converse Square 
 (foto: T.Thomas)                              (photo: Ivan Cruz) Fs Bluntslide na Cidade Tirandetes
Fs Nosegrind no Converse Square
Há alguém que te sirva ou tenha servido de modelo para você andar de skate?
No começo eu sempre me inspirei no TX. Hoje em dia são várias as influências, pois com o tempo você vê que skate é mais que um esporte. É tudo, lição de vida e vitória. Hoje me inspiro nos meus amigos da Converse. O Carlos Ribeiro é um moleque que me inspira muito, o Crazy também, com sua visão da vida. O Biano tem uma história de guerreiro. O Renato eu admiro pela simplicidade. Então são vários os amigos e fatos que me inspiram.

 Jay Alves - Fs Noseslide em Belo Horizonte (foto: André Ferrer)
Jay Alves - Fs Noseslide em Belo Horizonte
Já houve alguma situação ou momento que te marcasse enquanto andava de skate?
São tantas as histórias... Cada manobra acertada por mim ou por meus amigos... A motivação de cada sessão... Esses são fatos que marcam todos os dias. Dá para escrever um livro por dia... rs.

Qual foi seu primeiro modelo assinado? Qual sentimento nesta hora?
Foi um pela SLG (SHINE LIKE GOLD), uma marca de BH, de um grande amigo meu, o Mauricio.

Em 2007 chegaste a profissional com 22 anos. Você se sentia preparado? Tem idade ou tempo para ser um profissional?
Sim, já tinha feito vários corres e senti que aquele era o momento. Claro que tive varias inseguranças e medos, como todo mundo tem diante de novo desafio na sua vida, mas skate é skate, não interessa se você é um Pro ou se apenas pratica for fun.

 Blunt to Fakie (foto: Grita)                      Bs Smith (foto: Julio Detefon)
 Blunt to FakieBs Smith
Você faz parte duma nova geração de skatistas profissionais, que tem alcançado bons resultados. Até onde poderá ir esta geração?
Cada geração planta uma nova etapa pra geração seguinte colher. Pra viver o que eu vivo hoje com skate, muita gente plantou lá atrás boas sementes. Algumas dessas pessoas ainda estão na ativa. Não sei aonde tudo isso vai onde vai dar. Uma coisa é certa, o skate nunca para, evolui mais a cada dia, em manobras, em conceitos, tudo muda!

 Jay Alves na 2ª Etapa do Circuito Profisional de Skate (foto: Marcelo Mug)
Jay Alves na 2 Etapa do Circuito Profisional de Skate
A visita à escola do Rio Grande do Sul, a EMEF Sen. Salgado Filho, na cidade de São Leopoldo, foi sua primeira como Pro? Como foi mostrar skate na escola?
Pô! É legal saber que você faz o que você mais gosta de uma forma sadia e ainda passar isso pra outros futuros skatista. Tomará que daqui a algum tempo alguns daqueles moleques estejam dando uma entrevista e falando que começaram a andar depois daquele dia.

Qual dos circuitos ou campeonatos gostou mais de correr? E de quando era amador, o que você gostaria que tivesse no campeonato profissional que não tem hoje em dia?
Os circuitos mineiros eram os melhores. Gostaria que todos os meus amigos estivessem nos champs. Amigos que começaram comigo.
 
 Jay autografando sua manobra na Zine Grita (foto: Diego Oliveira) 
Jay Alves, so tantas as histrias de skate...
Este ano entrou na Converse uma equipe que vem mostrando resultados. O que mais gosta na Converse?
Além dos tênis serem F..., nos somos uma família no real sentido da palavra. Isso é o mais importante 

Com qual skatista você mais gostou de andar? Qual melhor momento para andar de skate, nas ruas, pistas, diversão ou eventos?
São vários os manos. Os amigos são com toda a certeza as melhores companhias pra se andar e andar por diversão é sempre melhor.

Converse Skateboard Square - Jay Alves Part

O que esperas do que ainda falta cumprir este ano quais os próximos objetivos? Qual o seu calendário para 2010?

Quem sabe dar mais uma entrevista esse ano e, no ano que vem fazer uma boa partição em um vídeo. O certo mesmo é que continuarei andando de skate.

Até onde gostaria de chegar no skate?
Até à morte, até ficar bem velinho e ainda dando batidas... rs.

Qual recado você dá para nossos leitores do Sk8, como acha que devem andar de skate?
Andem pra ser feliz, andem pra si, não por nada e nem pra ninguém, porque skate é muito mais...

Por Uriel Punk
Fotos Arquivo Converse Skatebaord

Comentários  

 
0 #2 paulo 22-11-2009 12:03
este jay eh uma pessoa sensacional !!!!
adorei o video!!!
sucesso pra vc jay!!!
sempre!!!
Citar
 
 
0 #1 Leandro Pires 16-11-2009 21:35
ótima matéria, fotos certas....muito bom mesmo.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Banner

Copy of Blogueiros

Etiam et bibendum elit. Mauris in elit ligula, quis mollis enim.

Etiam et bibendum elit. Mauris in elit ligula, quis mollis enim.

Etiam et bibendum elit. Mauris in elit ligula, quis mollis enim.

Banner

News Letter

Nas bancas!
Etiam et bibendum elit. Mauris in elit ligula, quis mollis enim..